Medo de avião

Aprenda a superar 6 Medos Básicos

Opa! Hoje eu quero te falar de 6 medos básicos, segundo Napoleon Hill

medo de avião

Ao vibrar numa frequência maior de energia ou de consciência, você não deve ter nem um pingo de preocupação ou de dúvida. Ou então, como muitas pessoas, você pode optar por não enfrentar os medos que te assolam. Você pode tentar focar a sua mente em pensamentos positivos; ainda que estejam escondidos nas sombras das suas crenças e medos negativos.

Sem dúvida, lidar com os medos pode realmente ser uma coisa assustadora. Você pode ter medo do próprio processo, suspeitando que ele possa te deixar num estado de vulnerabilidade e impotência. Afinal, o seu mecanismo de defesa em não lidar com medos ou qualquer coisa desconhecida tem te servido e te protegido bem por todos estes anos.

Os sinais que você precisa para fazer alguma coisa, são bastante óbvios. Se você está lutando, infeliz, sem alcançar o sucesso que você merece, em dificuldades financeiras ou com pouca motivação, você pode ter certeza que há algum elemento de pensamentos negativos obstruindo a sua jornada de vida.

Enfrentar os medos exige que você faça uma escolha consciente.

E é claro que pode ser doloroso inicialmente. Na minha experiência pessoal, eu fiquei chocado ao descobrir que eu tinha muito mais emoções negativas enterradas vivas no meu subconsciente, do que eu imaginava. E memórias enterradas vivas nunca morrem.

Mas o meu desejo de crescimento pessoal me mantém no meu caminho. E eu acredito que qualquer um que tome uma decisão semelhante, consegue se tornar uma pessoa muito mais forte após o processo de cura. Já que os pensamentos podem ser confusos, uma divisão estruturada sobre o que é o medo, pode ajudar a esclarecer melhor na decisão de quais pensamentos e ações são mais úteis adotar.

Quais são os 6 medos básicos?

De acordo com o livro Pense e Enriqueça de Napoleon Hill, há 6 medos básicos. Cada um de nós sofre com um ou com uma combinação deles, em algum momento de nossas vidas. Esta é a ordem em que eles costumam aparecer:

– O medo da pobreza

– O medo da crítica

– O medo de problemas de saúde

– O medo da perda do amor de alguém

– O medo da velhice

– O medo da morte.

Os termos por si só são autoexplicativos.

Eles correm uma linha comum em termos de consequências. Vamos tomar o medo da pobreza, que Napoleon Hill acredita ser o mais destrutivo dos seis medos básicos, como um exemplo. Ele explicita que esse medo impede a faculdade da razão, destrói a imaginação, mina o entusiasmo, leva a uma incerteza de propósito, incentiva a procrastinação, e desvia o nosso esforço. Ele também mata o amor e outras emoções mais sutis, destrói amizades e leva à insônia, tristeza e muita infelicidade.

Se você puder, pense nessas consequências mentalmente. Verifique se a partir de suas próprias experiências de vida, você tem abrigado alguns dos medos e suas consequências. No processo, você pode apenas se lembrar das várias vezes que você foi refém de inseguranças, que te paralisaram e impediram de tomar um caminho mais sábio de ação e de se tornar mais generoso em espírito. Neste ponto, fica claro ver porque a abundância não tem fluido através de você e em sua vida, por mais tempo.

Preocupação como um sinal de Medos

Os Medos são muitas vezes traduzidos como preocupações, um estado com o qual eu estava muito familiarizado anteriormente. Se você me conhecesse antes, pensaria que eu era louco; dadas as minhas circunstâncias de vida. Eu tinha uma boa carreira como franqueado de uma grande rede de escolas de idiomas no Brasil, eu morava numa casa bacana com piscina, sauna e área com churrasqueira, eu recebia pessoas em casa todos os fins de semana, mas eu nunca realmente me sentia seguro.

Eu raramente celebrava o que eu já tinha. Pelo contrário, eu via a vida como uma luta diária, porque eu estava agarrado demasiadamente firme a minha realidade limitada das coisas. E se você pensou em me dar um chute na canela por eu ser tão ingrato a respeito da minha abundância, tudo bem! Eu também teria me chutado se conhecesse o poder da gratidão antes!

Embora eu tivesse lido alguns livros de desenvolvimento pessoal, eu não estava pronto para a mudança real. Ao invés disso, eu escolhi “desejar” ser positivo e fingir exteriormente que estava tudo bem. No fundo, a minha mente estava nublada com preocupações e eu estava travando uma guerra interna.

A decisão de enfrentar os medos que eu sentia não foi fácil.

Eu já tinha perdido um casamento, estava em outra relação onde eu não era tão diferente de antes, minha situação profissional embora boa, não me fazia sentir felicidade. Eu finalmente atingi um ponto em que me deparei com a seguinte questão: ou eu lido com essas coisas ou eu vou continuar a ser infeliz! Talvez uma forte crise de depressão que vivi tenha me ajudado a tomar uma decisão. E se você ainda não sabe disso, a depressão está muitas vezes ligada a emoções reprimidas. Seu corpo precisa encontrar uma maneira de liberar as toxinas que está acumulando. E grande parte das toxinas pode ser mental – como a “preocupação”.

Outras palavras ou frases que descrevem o Medo

Você pode experimentar uma variedade de pensamentos e emoções que vão além de preocupação enquanto experimenta o Medo.

Ansiedade, Apreensão, Susto, Cautela, Covardia, Defensiva, Desconfiança, Dúvida, Pavor, Embaraço, Evasão, Frenesi, Hesitação, Horror, Histeria, Inibição, Insegurança, Irracionalidade, Náusea, Nervoso, Pânico, Paralisia, Paranoia, Segredo, Tremor, Superstição, Tensão, Terror, Ameaça, Timidez, Incerteza, Inquietude, Vulnerabilidade, Fuga…

Se você se pegar pensando coisas ou sentindo emoções que reflitam essas palavras, então é possível que você esteja realmente experimentando medo.

Como Superar os 6 Medos Básicos

medo

Em essência, o antídoto para todos os medos listados anteriormente começa com uma decisão. A decisão de não se preocupar. Hill explica por que, argumentando que “uma mente inquieta é impotente”. Decidir não se preocupar pode soar um pouco simplista, mas temos que fazer exatamente isso.

A indecisão torna as nossas mentes propensas a todos os caprichos da opinião e circunstâncias. A indecisão nos torna impotentes para os pensamentos predominantes e medos não qualificados que restringem muitas pessoas de alcançar seu potencial.

Napoleon Hill nos pede para superar os seis medos básicos, tomando as seguintes decisões:

1. Em relação ao medo da pobreza – com firmeza decida que você vai acumular riqueza de forma responsável e que você terá todo o prazer em conviver com a riqueza que você é capaz de acumular. Eu gosto de pensar nisso como uma decisão de parar de se concentrar no que pode dar errado e começar a se concentrar no que pode dar certo.

2. Em relação ao medo da crítica – decida não se preocupar com o que os outros pensam de você. Na verdade, acho que a maioria das pessoas está tão ocupada pensando em si mesma que elas nem percebem os outros na maioria das vezes.

3. Em relação ao medo da falta de saúde – decida parar de focar em doenças e seus sintomas associados. Pare de encher sua mente com imagens de doenças reais ou imaginárias. Decida se concentrar em viver com saúde, ao invés de se concentrar em evitar toda e qualquer doença temida.

4. Em relação ao medo de perder o amor de alguém – decida aproveitar e valorizar o amor que você recebe e amar em troca com tanto amor quanto você puder. Também decida viver numa boa, sem amor, se esse for o caso e você tiver que fazer isso.

5. O medo da velhice – decida aceitar a velhice como uma bênção … lembre-se que muitas pessoas ainda não tiveram o privilégio de chegar à velhice. Também decida ser grato pela sabedoria e experiência que só vem com a idade.

6. O medo da morte – lidar com o medo da morte, na minha opinião, é uma questão muito pessoal e depende muito da sua religião ou falta dela e das crenças sobre a vida após a morte. Avalie suas crenças sobre o assunto, mas também decida aceitar e fazer as pazes com a morte e entendê-la como um evento inescapável.

E eu quero terminar com uma citação de Michel de Montaigne que diz:

“Minha vida tem sido cheia de (muitas) desgraças terríveis; a maioria delas nunca aconteceu”.

Experimente a PAZ!

 

Você pode querer aprender a lidar com os medos que experimenta. Conheça a FEFT para liberar e deixar sair esses medos.

Me diga: Com quais medos você se identifica mais? Eu gostaria muito de ouvir de você, por favor, compartilhe seus comentários na seção de comentários abaixo.

Cadastre-se para Perder o Medo de Avião AQUI

#PrazerEmVoar
#VENCENDOmedos
#FEFT
#MeditaçãoComTapping
#MétodoRLGdeCoaching
#ExperimenteaPaz

Visite a fanpage: PrazerEmVoar

Youtube: http://www.youtube.com/c/ExperimenteapazBr 

Curta e Compartilhe 😉